quarta-feira, 2 de setembro de 2015

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Shout the Good

O actor e empreendedor Justin Baldoni lançou ontem a app Shout the Good, que é, como o nome sugere, para promover o bem nas redes sociais. É assim uma espécie de anti-bullying cibernético. Entre outras coisas, é pretendido ajudar as pessoas a relembrar o impacto positivo que têm umas nas outras e desta forma estimular uma onda de positividade e destacar o melhor das pessoas. Podem ler mais sobre o projecto aqui.

Por agora a app ainda só está disponível nos USA, mas não deixo de me sentir contente com esta iniciativa. Com tanta maldade que eu vejo a ser destilada nas redes sociais, sem dúvida que acho uma excelente ideia. É importante ver o bem e o positivismo a serem espalhados pelas redes sociais fora. Elogiar, evidenciar o que gostamos nas pessoas. Tentarmos ser melhores pessoas, promover o bem. Assim podemos mesmo fazer a diferença.

Acredito que a vida é muito melhor se formos positivos, e isto inclui também sermos positivos online.


segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Uma semana de férias já lá vai. Foi uma semana de praia, piscina, piscina e praia, refeições na esplanada e noites quentes, onde houve tempo para conversar, estar confortavelmente em silêncio, relaxar, ler, rir muito, petiscar, conhecer sítios novos e ter umas férias divertidas em família, sem horários, tal como eu adoro. Ainda me resta mais uma semana e tenciono aproveitá-la o melhor que puder que dizem que vem aí muito trab**** (palavra proibida até dia 17 de Agosto). A quem já teve as merecias férias, espero que tenham aproveitado muito bem, a quem está ou ainda vai, desejo-vos umas excelentes férias:D
100 Montaditos em Espanha

Adorooo piscina
Mas na praia também não se estava nada mal

Oh gata que estás à janela...

Esta gatona linda já faz parte da família, faz este mês dois anos. Além de dormir muito, adora estar à janela, fazer sprints pela casa, caçar insectos, deitar-se para receber festas e lamber as pingas de água da banheira. Apresento-vos:



segunda-feira, 3 de agosto de 2015

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Desafio?

Lembram-se do post dos 23 factos sobre mim?

E se eu disser que nesse texto está escondido mais um facto? Será que acertam?

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Desabafos femininos

Ir ao ginecologista, mais especificamente fazer uma citologia, é assim uma das coisas mais constrangedoras do universo feminino. Ficamos ali, expostas, e literalmente de perna aberta. Acho que até sinto uma certa vulnerabilidade. Faz parte e é para o bem de todas nós, é sabido e é por isso que lá vamos mas que é desconfortável para caraças, é inegável!

quinta-feira, 16 de julho de 2015

21 sinais de que não nasceste para treinar

Ler aqui.
Ahah muito giro, apesar de só me ter identificado com meia dúzia, achei muito engraçado e além disso adoro GIFs.

Acuso-me nas seguintes:
6- Pronto, 5 minutos também não, só a partir dos 10. Ahahah
7- Com vontade de comer tudo o que não é fit.
8 - Não é o meu inferno particular mas irritam-me solenemente certos grunhidos completamente desnecessários.
13- Já tentei, sabe bem depois do treino feito mas acordar ainda mais cedo para ir treinar é horrível. Não, não, não.
14- Pooois, alguns aparelhos ficam no-jen-tos depois da utilização de certas e determinadas pessoas que não passam a sua bela toalhinha (que é para isso que serve!)
21 - True. Adoro-te sofá.

Conversas nocturnas

Pois é, não é fácil dormir comigo. Já vos tinha passado essa mensagem quando falei aqui sobre adiar várias vezes o despertador e agora aqui estou eu para outra revelação igualmente perturbadora do sono. Eu falo a dormir. Outras vezes grito. (me-do) Vá, mas não é sempre, ok? É só nalgumas fases, quando ando mais ansiosa. Normalmente não se percebe nada do que eu digo, outras vezes até digo uma ou outra frase que se percebe mas sem qualquer sentido. O B já tentou perceber o que eu dizia ou tentar falar comigo mas de mim não leva nada. Achavas que eu ia ter grandes conversas a dormir não é B? Ah ah ah. Querias :)
Ele diz que qualquer dia grava.
Isto também vos acontece? Como disse, isto é mais quando ando ansiosa com alguma coisa e então fico com a ideia de que em consequência disso não descanso bem e falo durante a noite.

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Ter uma conversa de ocasião quando vais dar boleia a alguém que não conheces, é chato. Não sabes bem o que dizer ou o que perguntar porque na realidade ainda não conheces a pessoa e não sabes bem o que dizer e esperas que a conversa ganhe um rumo qualquer de forma a não haver silêncios constrangedores. A verdade é que não é fácil fazer conversa de ocasião com um desconhecido. Agora imagina isto mas ainda ter que ser noutra língua.
Dicas??
Meninas que querem aprender a atar o cabelo, vejam este vídeo bastante elucidativo.

Se não conseguiram perceber, vejam outra vez.

Ahahah

Por acaso até nem faz nada o meu género. O corpo é demasiado musculado, pessoalmente não gosto. Mas o moço até é giro!

Preguicites

Pois é, isto de estar quase duas semanas sem escrever no blog não se admite. Mas a verdade é que andei (ou ainda ando) muito preguiçosa, preguiçosa para cozinhar, para passar a ferro, para ir ao supermercado e para escrever aqui também, confesso. A semana passada andei a dormir em pé, tive um casamento no fim-de-semana que foi noite dentro (e foi excelente) e também em consequência disso acabei por não descansar muito, cansaço esse que se prolongou pelo resto da semana pois por estes lados deitar cedo tá quieto. Este fim-de-semana já consegui desforrar-me da cama e esta preguicite* tem os dias contados (não tem, mas vou dar o meu melhor ahah).

* Sobre este tema, estas imagens falam por mim:


Imagens made in Google

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Wedding inspiration #1

Este primeiro wedding inspiration será dedicado à decoração. E que imagens mais lindas. Ahhhhhh...estou cheia de ideias!



Vases with colored water, star stenciled out onto glass with chalk board paint in darker blue? With floating candle.




Not crazy about the pink, I'd probably swap out pink for brown or turqoise. But the idea is so simple! A piece of fabric and a couple of flowers, tada!




Wedding Photos by Revival Photography Shuford House and Garden Weddings in Hickory North Carolina Photos



quinta-feira, 25 de junho de 2015

Serei ingrata?

Vamos aqui à dúvida existencial do dia. Assim uma mesmo à "ser ou não ser, eis a questão".

Um dos factos que vos contei sobre mim neste post foi que estudei Gestão mas que, porque assim quis, mudei de área. E admito que foi muito bom ter tido essa oportunidade, a de poder mudar para uma área diferente e que ambicionava. Trabalhei muito para chegar aqui, mostrei o meu potencial e apostaram em mim e consegui uma oportunidade. Tenho um bom emprego, sou valorizada e não se pode dizer que ganhe mal para a minha experiência e realidade do país.
E isto pode soar a ingratidão mas eu quero mais, quero chegar mais longe e quem sabe fazer algo completamente diferente.

A minha pergunta é (e eu faço-a a mim mesma) serei ingrata por querer mais no âmbito profissional e não me contentar com o que tenho? Ou serei simplesmente ambiciosa por querer mais e melhor?


PS: Eu avisei que era uma dúvida existencial. :)

quinta-feira, 18 de junho de 2015

23 factos sobre mim

Já escrevo aqui há 9 meses e nunca vos falei assim nada de especial sobre mim e por isso, decidi reunir 23 factos sobre moi. Interessante, anh!?

1. Sou de Lisboa.

2. Vivo com o meu namorado, agora noivo, nos arredores da cidade.

3. Encontrei alguém que me faz mesmo muito feliz e que me completa em tudo. Amo-o de verdade e é recíproco. :)

4. Adoro comer.

5. Adoro chocolate Milka com Daim de Caramelo mas o meu preferido é o chocolate com avelãs inteiras do Lidl.

6. Gosto de jogar The Sims. Mas ​o que mais gosto é construir e decorar a casa e depois desligo-me um bocado.

7. Adoro viajar mas ainda não saí da Europa.

8. A minha viagem de sonho é aos EUA.

9. Quero ter 2 ou 3 filhos(as) ou quem sabe 4.

10. Tenho uma gata lindona que adoro!

11. Antes detestava quase todos os legumes (para não dizer todos) e hoje em dia ADORO legumes.

12. Gosto muito de comer fruta. Morangos, manga​s​, mel​oas, uvas, pêssegos, melancias, dióspiro​s​, maracujás etc. Mas prefiro comer em separado do que numa salada de frutas.

13. Nunca gostei muito de praticar exercício físico. Agora despertei para a sua importância e ando no ginásio. Aos poucos tenho conseguindo ultrapassar o que eu pensava serem os meus limites.

14. Licenciei-me em​ Gestão mas trabalho noutra área porque quis mudar.

15. Sou alta mas ainda assim adoro andar de saltos altos.

16. Prefiro piscina a praia.

17. Sofro de ansiedade mas sou muito optimista.

18. Sou envergonhada e num primeiro contacto posso parecer introvertida, mas quando começo a ganhar algum à-vontade sou uma grande tagarela.

19. Tenho um irmão e uma irmã mais velhos que eu.

20. Não gosto quando combinam algo comigo e falham ou adiam.

21. Quando me apaixono por uma música sou capaz de a ouvir em modo repeat (mas mesmo!)

22. Adoro caracóis (muuuuuito)

23. Por vezes confio demasiado nas pessoas.


Agora já me conhecem um pouco melhor. :) Qual é que foi o facto que mais gostaram de saber sobre mim?


terça-feira, 9 de junho de 2015

As caladinhas são as piores #soquenao necessariamente

Já ouvi e li, várias vezes, malta a criticar alguém (e porque maioritariamente, e infelizmente, são mulheres a atacar outras mulheres vou usar o adjectivo no feminino) dizendo que a tipa não sei quantas é uma sonsa. Quer na "vida real" (adoro dizer isto) quer por exemplo, em relação a alguma personagem, tal como fiz uma muito breve abordagem ao tema aqui. Na verdade não sei muito bem se essas pessoas sabem o significado da palavra mas eu transcrevo:

son·so 
(espanhol zonzo)

adjectivo e substantivo masculino
1. Que ou quem finge ser o que não é. = DISSIMULADOFINGIDO
2. Que ou quem faz coisas reprováveis ou desonestas às escondidas.
3. Que ou quem tem ares e aparência de ingénuo. = FINÓRIOMANHOSOVELHACO


"sonso", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/sonso [consultado em 08-06-2015].

Continuando, oiço e leio repetidamente essa palavra usada contra alguém apenas porque essa pessoa aparenta ser mais tímida, mais introvertida, ou seja, alguém que normalmente não é tão espalhafatosa quanto a tipa. Mas com isto não quero dizer que não há sonsas, claro que há. Há e muitas. Há malta que parece ser do bem mas que pela calada dá a facada, se há. E a questão é que ser sonsa é um adjectivo muito mau e muito mal empregue em várias situações. É que oiço-o a torto e a direito porque, aparentemente, uma gaja já não pode ser low profile que passa por uma fingida, não pode ser tímida que passa por armada em púdica que a final é uma vaquinha.

Com isto quero apenas dizer que acho simplesmente estúpido que pessoas que, por se acharem mais directas, extrovertidas, frontais, achem que as mais introvertidas são todas umas sonsas que fazem pela calada só pelo facto de serem menos espevitadas.
Têm o meu apoio em atacar as sonsas mas aquelas que o são por serem mesmo umas falsas.
Chamar sonsa a uma pessoa apenas por esta ser mais reservada é uma conclusão um bocado tonta, não acham? Tão tonta quanto achar que alguém é uma porca atrevida ou uma vaquinha descarada somente por ser mais sociável e expansiva. Não faz sentido.

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Aquilo que estão a fazer ao Marco Silva é vergonhoso. Isto não é o Sporting.

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Ver o lado bom da coisa

Quando fomos a Paris (em Janeiro, claro está; um dia pode ser que justifique o nome do blog, tipo numa linha e acho que chega) andámos à procura da tal ponte do amor, aquela onde se encontram os cadeados, trancados para todo o sempre com juras de amor. E encontramos! A ponte tinha bastantes cadeados e como não tinha pesquisado muito sobre o assunto também não sei se tinha tantos como imaginava ou não. E lá fomos nós. Cadeado, check; mensagem fofinha, check; mandar a chave ao rio, check; fotos, check. E lá seguimos nós o nosso passeio pelo rio Sena até que tcharaaaaan uma ponte com milhares de cadeados, assim uma coisa a abarrotaaaaar. Enganamo-nos na ponte!!! OK, no drama. Já está, já está! Sinceramente encaramos aquilo mesmo na boa. E...ainda bem porque afinal parece que os nossos cadeados ficam, já que estão na ponte errada. Ou então não e não faz mal também. Assim como assim, o que conta é o simbolismo e momento que passamos.
Não percebo a admiração, não entendo que o chamem de traidor e sobretudo não entendo porque é que dizem que já não existe amor à camisola quando sempre se soube que o Jorge Jesus é do Sporting.

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Lindonas


Estas sandálias lindonas da H&M bem que podiam habitar lá em casa.
29,99€
19,99€
29,99€
49,99€
Eu e os saltos altos. Depois queixo-me de me doerem as cruzes pá.

terça-feira, 26 de maio de 2015

Wedding, wedding, wedding

Este blog não passará a ser um wedding blog, pelo menos não em exclusivo. Ma sendo este um blog onde falo essencialmente sobre tudo e praticamente sobre nada mas no fundo sobre o que me apetece e o que faz parte da minha vida, é óóóóóóbvio que se vai falar de tudooooo sobre casamentos. Desde o espaço ao vestido, e desde decoração à lua de mel. Tudo. Estavam à espera do quê? Isto é um big moment da minha/nossa life!

Pois então, assim de repente lembrei-me de uma lista de coisas importantes para organizar um casamento:

Escolher uma data (ou algumas possíveis datas, de forma a gerir melhor as questões de disponibilidade dos espaços) no meu caso, como vou planear o casamento com alguma antecedência, é mais fácil mas pode acontecer haver alguma incompatibilidade de datas.

Idealizar o tipo de casamento. Civil ou religioso? De manhã ou à tarde? À grande e à francesa ou mais íntimo?

Fazer um rascunho com a lista de convidados de ambas as partes. Sim, um rascunho, é muito provável que a lista vá sofrendo alterações. No entanto, a data altura vão ter mesmo que decidir quem vai ou não receber o convite. Esta tarefa não é nada fácil, principalmente para quem quer um casamento íntimo, como é o nosso caso.
A dada altura vão ter também que planear a disposição dos mesmos pelas mesas, o que também se pode tornar numa árdua tarefa.
Comecem também a pensar quem gostariam que fossem os padrinhos e madrinhas.

Procurar o espaço/catering para o copo de água. Já se sabe que nestas coisas a internet é nossa amiga e uma ferramenta muito importante, há imensos sites e fóruns sobre casamentos, onde nos podemos aconselhar sobre os vários espaços/catering. Contactar vários sítios, pedir vários orçamentos e condições. Quintas, restaurantes, whatever, há muito por onde escolher. E é importante perceber qual o espaço indicado de acordo com vários factores que vos falarei noutro post. Que isto é assunto que dá pano para mangas e não vamos estar aqui a dispersar. Esta escolha deve ficar decidida, idealmente e na minha opinião, entre 1 ano a 10 meses de antecedência, pelo menos. Com mais tempo, assim à volta dos 6 meses, poderão então acertar a ementa e a decoração do espaço, etc e tal. 
Se vão ter uma cerimónia religiosa também há que pensar em que igreja gostariam que fosse, tentar saber se é possível e perceber a partir de quando podem reservar a data e horário.

Idealizar o vestido. É claro que este ponto pode não estar exactamente nesta ordem, até porque se forem como eu, foi logo das primeiras coisinhas que fiz. Já andei a ver vários modelitos pela internet. E esta parte é das mais giras. A internet também é muito nossa amiguinha aqui. Eu uso muito o Pinterest para tirar ideias. A escolha do "tal" vestido deve ser feita no mínimo com 6/8 meses de antecedência pois muitos vestidos demoram alguns meses a chegar e ainda sofrem alguns arranjos e alterações. E se há coisa que não se quer é ver uma noiva com nervos porque a data está a chegar e vestido que é bom, nada. Mais próximo da data poderão então pensar em acessórios. E não esquecer aquela coisa do novo, usado, emprestado e azul.

Aliado à escolha do espaço, podem começar a pinar (como eu gosto muito de dizer a propósito de fazer "pin") no Pinterest inspirações de decoração. Mais moderno? Rústico? Simples? Requintado?
E aqui é assim, se o espaço incluir a decoração no preço, normalmente têm que se sujeitar à opções que a quinta dispõe, se for à parte ou se forem vocês (ou contratarem uma empresa) a estarem encarregues dessa tarefa, têm mais liberdade.
Mas tal como há espaços com opções decorativas muito limitadas e enfadonhas, também há espaços que têm elementos decorativos muito, muito giros e prá frentex.
Nesta fase também podem começar a pensar se vão querer um tema para o casamento ou se nem por isso. No nosso caso, achamos que sim e já temos um em mente :)

Uma parte também muuuiiito importante, a escolha do fotógrafo. E eu aqui sou apologista de que, podemos poupar em muita coisa só porque sim, mas não aqui. Podem escolher o mais barato possível, sim, mas dentro das opções com que realmente se identificam. Este é um dia em que vão querer que as fotografias fiquem brutais. A nossa memória pode ser muita boa, sim senhora, mas as fotografias eternizam os momentos de uma forma diferente. E é importante um bom fotógrafo. Contactem vários fotógrafos, vejam os portefólios de outros casamentos e vejam se gostam dos trabalhos e se se identificam com o tipo de fotografia.

A escolha da animação. Seja DJ, um grupo folclórico ou dois palhaços, ou tudo ao mesmo tempo, têm que escolher de que forma pretendem animar a festa. Eu cá voto no DJ.
Neste ponto é importante perceber como querem que seja a festança, que tipo de música querem que passe, se querem só música ou outro tipo de animação. E lembrem-se também que se vão ter muitas crianças no casamento, seria interessante pensar também em arranjar forma de as entreterem (pinturas faciais, uma babysitter com várias actividades tipo desenhar e tal) e não se esqueçam de ter em conta as idades das mesmas.

Também há aquela parte do noivo escolher o fato mas...who cares? Estou a brincar, logicamente também é importante, mas tal como o noivo não mete o bedelho da escolha do vestido, acho que a noiva também não deve meter. No entanto, já se sabe que não se compara  a escolha do vestido da noiva à escolha do fato...por razões óbvias  :P

Agora, a questão dos convites, das ementas, do placard das mesas e de toda essa papelada. Se têm um tema, seria giro haver aqui uma ligação. Se não, que tivesse então a ver com a decoração do casamento.
Uma ideia gira, é enviar um convite especial para os padrinhos e madrinhas.

Em relação ao processo civil do casamento, sendo que o mesmo tem a validade de 6 meses, não convém tratar disto antes. No entanto, têm que tratar disto com pelo menos um mês de antecedência face à vossa data. Portanto vá, quando faltarem 3/4 meses que é para não haver cá stresses. Nos entretantos, devem escolher em conjunto qual o regime legal que pretendem, que segundo o IRN são, comunhão de adquiridos, comunhão geral, separação ou ainda outro que os nubentes convencionem.

Escolher as alianças. Experimentem várias, vejam que tipo preferem, se querem iguais ou diferentes e o que querem lá ver escrito. Uma frase? A data? Impressões digitais? Ideias giras no Pinterest, as always.

Lua-de-mel. Tão bom! Vão a várias agências. Se houver uma feira de viagens entretanto vão também. Marquem o quanto antes. Quanto mais cedo, mais barato.

Lista de casamento? Sim ou não. Se sim, lista de casamento numa agência de viagens parece boa ideia, pode pagar-vos a lua-de-mel ou outra viagem. No nosso caso, vamos optar por não ter lista de casamento. Vamos esperar que não nos ofereçam torradeiras e varinhas mágicas. É só porque já vivemos juntos há dois anos, so...

Florista. Quer para o bouquet, quer para a decoração do espaço caso o mesmo não inclua a decoração floral, quer para a igreja se for caso disso. Peçam vários orçamentos também, há floristas que pedem valores absurdos e outras que por trabalhos lindos pedem preços bem mais justos.

Querem carro para os noivos? Na internet encontram-se várias empresas que alugam carros para casamentos. MAS, será que não têm um familiar ou amigo que tenha um clássico, um carro giro ou um carro todo xpto que vos possa emprestar? 

As lembranças para os convidados. Não vale a pensa gastar muito dinheiro aqui, é mesmo só uma lembrança. Talvez até possam ser vocês a fazer. Há ideias super originais pela internet fora. Se não forem muitos convidados, mais fácil ainda.

Maquilhagem e cabeleireiro. Façam provas antes, percebam como é que gostam mais de se ver. Se no dia-a-dia não se gostarem de ver com o cabelo apanhado, por exemplo, então pensem noutros tipos. Uma vez mais, Pinterest!!!

Não esquecer de comunicar às vossas excelentíssimas entidades empregadoras acerca do vosso matrimónio, já que vai implicar licença de casamento, possivelmente férias e coiso e tal.

E acho que é isto. Se me tiver esquecido de alguma coisa, digam-me!!!

ACTUALIZAÇÃO: O bolo!!! Então e bolo?! Também ele muito especial. Desde o mais clássico ao mais irreverente. Que isto hoje já não se inova apenas no cake topper.

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Viragem. Das boas.

Este ano está a ser um ano de viragem, no bom sentido. O B. despediu-se do seu emprego certo e seguro, com um ordenado acima da média e está a iniciar novos projectos profissionais, a lutar pelos seus sonhos! Tudo isto implica muitas mudanças, muito trabalho, muita dedicação, muita força de vontade, empenho e garra. É um ano de viragem sobretudo para ele mas também para mim. Ou não partilhássemos nós a vida um com o outro. O B. tem o meu apoio incondicional e tudo o que quero é que todos os seus projectos tenham sucesso, o maior sucesso possível. Além de projectos profissionais, o B. pediu-me em casamento e eu aceitei (obviamente :D) e vamos casar para o ano. E isso também é um grande projecto, um projecto nosso, um projecto para a vida inteira, um projecto também ele cheio de amor, empenho, garra e dedicação, um projecto onde há força e vontade. Um projecto de amor.

2015 é um ano de viragem. And…so far, so good.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Eu andava a evitar estender roupa lá fora desde que começou esta ventania. Pus alguma roupa a secar dentro de casa e pronto, foi o melhor que fiz. Até ontem. Pois que resolvi que era boa ideia ir estender duas toalhas lá fora. Só duas. Redobrei o número de molas e tudo. Estava uma ventania do caraças mas com tanta mola aquilo não ia voar, não é? Não, não é. Uma delas foi-se. Por isso, se virem por aí uma toalha pelo ar, é minha.

terça-feira, 19 de maio de 2015

sexta-feira, 15 de maio de 2015

A nova série da FOX que estreou ontem, Wayward Pines, é TOP! Vale meeeeeesmo a pena.

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Uma carta para ti

Errei. Não devia ter fingido que não te vi. Na verdade, nem sei por que o fiz. Podia perfeitamente ter ido ter contigo e dizer-te olá, perguntar-te se estavas bem, como tantas vezes perguntamos mutuamente no Facebook. É por isso que acho que errei. Acho que errei porque, na verdade, não tenho motivos para fingir que não te vi. E se há uns anos, não muitos, nos dissessem que isto ia acontecer, não íamos acreditar. Eu já fingi algumas vezes que não vi alguém apercebendo-me que a outra pessoa também fingiu que não me viu, já vi alguém a quem seria capaz de ir falar e que fingiu não me ver e também já vi alguém que estava prontinho para fingir que não me tinha visto e eu me aproximei perguntando-lhe, animada, se estava a fingir que não me via. Depende da pessoa e sobretudo do que essa pessoa nos é e nos diz. E é por isso que ainda me custa aceitar que tenhas mudado tanto. Eu também mudei muito. Mas sinto que antes eras diferente, tinhas em mente outro rumo, outros objectivos, bem mais parecidos com os meus ainda que distintos. E posso estar errada mas tinham tão mais a ver contigo. Eu também mudei. Apenas não mudei a minha essência. Essa continua cá. Ainda me lembro de uma carta que te escrevi a dizer-te que esperava que, ao longo da vida, pudéssemos continuar sempre amigas, que queria que os nossos caminhos, por mais paralelos que pudessem ser, nunca nos afastassem e que conseguíssemos aceitar os rumos que as nossas vidas levariam, com mais ou menos tempo que passássemos juntas. Mas...mudaste tanto. Já não és mais a minha amiga com quem me identificava. Na verdade, acho que o problema é esse. Eu acho que já não me identifico contigo. Esta coisa de nos identificarmos com alguém, pode ter vários motivos, mas eu acho que grande parte se prende com o facto de existirem semelhanças entre as pessoas, objectivos em comum, semelhanças na forma de ser, mesmo que outras coisas sejam completamente opostas. E, logicamente, é necessário querer manter a amizade. Mas e quando se sente que já não se tem nada a ver com essa pessoa? Eu acho que quando há um passado bom e isto acontece, nós tentamos e tentamos, porque queremos que tudo seja como antes. Mas já não é mais. Apesar de ter esperança que algum dia isto mude e que voltemos a falar com a mesma cumplicidade, mesmo que com caminhos diferentes. Porque acredito que isso é possível. Sei que sim, até porque tanto tu como eu, temos outras amizades que se mantêm e ainda bem.

Esta é a carta que nunca te escrevi, na verdade são palavras que me custam a sair. É por isso que evito o assunto quando alguém me fala de ti. Custa-me dizer a alguém que já não somos mais o que éramos. Que por mais que eu confie em ti e tu em mim, já não é minimamente igual. Custa-me admitir que já não temos nada a ver uma com a outra. Custou-me muito mas hoje custa-me um bocadinho menos depois de te ter feito aquilo ontem. Fingi que não te vi porque finalmente admiti para mim mesma que nós já não somos o que éramos. Fingi que não te vi porque, por incrível que pareça, eu já não saberia o que mais te dizer além de te perguntar se estás bem. E isso é o que eu pergunto a qualquer conhecido. Não a ti. Desculpa, sei que errei mas eu não estava preparada para ter essa conversa seca contigo, não depois de tantas horas de conversas e confidências que já tivemos.

terça-feira, 12 de maio de 2015

Alimentos que ajudam a aliviar a ansiedade

Este tipo de informação tem a minha especial atenção, pois não só ando mais sensibilizada para uma alimentação saudável como me interessa sempre saber o que fazer para aliviar a ansiedade. Li hoje este artigo do Dinheiro Vivo (DV) que revela oito alimentos calmantes que ajudam a combater o stress. Com este artigo fiquei a saber que consumo grande parte.

1. Vegetais com folhas verdes. Eu considero que até consumo uma boa quantidade de legumes e frutas. E diz o DV que há por aí um estudo que relaciona os estudantes que comem mais frutas e legumes a um estado de calma, energia e alegria.

2. Peito de frango. Raramente como carne que não seja de peru ou frango, pelo menos é só o que compro para casa a nível de carne. Vaca ou porco é raro e quando como é habitualmente em refeições fora de casa. Parece então que esta carne contém triptófanos (seja lá o que isso for!), que ajudam a produzir serotonina, que por sua vez regula a fome e induz ao sentimento de bem-estar e felicidade. Assim como outros alimentos com triptófanos, por exemplo, nozes, sementes, lentilhas, aveia, feijões e ovos.

3. Papas de aveia. Adoro papas de aveia, as que como são muito simples. Aquelas a saber a arroz doce! Leite, aveia, açucar ou stevia e canela. Muuuito bom. E além de delicioso, diz o DV que são saciantes e substitutos perfeitos de bolos, pastéis e outros doces (hmm isto é que já não me parece :P) pois os hidratos da aveia podem ajudar o cérebro a produzir serotonina, uma substância associada também aos anti-depressivos, de acordo com estudos do MIT.

4. Iogurte. Normalmente é o meu lanche da manhã e por vezes da tarde também. Gosto do Grego açucarado da Danone e do natural do Lidl e costumo comer com cereais. Diz o artigo do DV que as substâncias probióticas presentes nos iogurtes reduzem a actividade cerebral em áreas associadas a emoções como o stress e além disto contêm cálcio e proteínas.

5. Salmão. É um peixe que adoro e que também compro bastante, assim como pescada e dourada. Então parece que os ácidos gordos presentes neste peixe têm propriedades anti-inflamatórias que podem condicionar os efeitos das hormonas de stress e o artigo ainda nos diz que de acordo com um estudo norte-americano, os estudantes que tomaram suplementos de Ómega-3 reduziram em 20% a sua ansiedade.

6. Mirtilos. Confesso que este fruto não faz parte da minha alimentação. No entanto, segundo o Dinheiro Vivo eu deveria começar a introduzi-los nos meus lanches, assim como outros frutos de baga pois possuem antioxidantes e fito-nutrientes e ajudam na luta a favor das defesas do organismo e aumentar a resposta do corpo ao stress assim como aumentam a força de glóbulos brancos, fundamental na imunidade.

7. Chocolate negro. Eu adoro chocolate. O chocolate preto não é, de todo, o meu preferido. Aliás, há uns tempos dizia que nem gostava. Gosto muito mais do chocolate de leite e se tiver amêndoas ou avelãs melhor. Mas com o tempo aprendi a gostar do chocolate negro e é o que acabo (not always...) por comprar para casa devido aos seus benefícios em relação aos outros. Mas parece que isto não pode ser assim a comer às tabletes inteiras. No entanto, o DV diz-nos que está provado que o seu consumo moderado (preferencialmente com mais de 70% de cacau) pode ajudar a reduzir os níveis de stress devido aos antioxidantes presentes no cacau que ajudam a nivelar a pressão arterial e a melhorar a circulação sanguínea.

8. Abacate. Também não é fruta que consuma muito. Mas gosto e vou passar a comprar de vez em quando, pois diminui a ansiedade e sem preocupações com o facto de se poder engordar. Diz o artigo que é saciante e que estudos recentes indicam que as pessoas que incluem abacate na refeição do almoço reduzem em 40% o desejo de comerem mais nas três horas seguintes à refeição.

Muito interessante, por aqui vou tentar aplicar algumas dicas. E vocês consomem estes produtos maravilha?

Vejam o artigo completo aqui.


quinta-feira, 7 de maio de 2015

Andava eu a procurar uma nova série...

...e apostei em Empire. Primeiro estranha-se, depois entranha-se. Não foi amor à primeira vista. Mas dei uma segunda oportunidade e estou a gostar. Vamos ver se é coisa para continuar ou se lhe dou com os pés.

Imagem retirada de http://foxlife.canais-fox.pt/
                             









quarta-feira, 6 de maio de 2015

O homem metro e lumbersexual já é passado minhas amigas. Agora o que se quer é dad bod, se não sabiam passam a saber. Vejam aqui.

Leonardo Dicaprio em modo dad bod:
Imagem retirada de http://www.dinheirovivo.pt

Meto um Like #2

O Cristiano Ronaldo doou 7 milhões ao Nepal para ajudar as vítimas do terramoto. Bonito. :)
Ver aqui.

Obrigada, igualmente.

Por vezes, sem pensar, dizemos coisas muito estúpidas, damos por nós a levar uma mão à testa, mesmo que apenas mentalmente. E o “obrigada, igualmente” está mesmo ali no top das coisas que mais rasteiras nos pregam num diálogo. Tipo, quando vamos de férias e um colega nos deseja “Boas Férias!” e nós respondemos “Obrigada! Igualmente.” e a seguir sentimo-nos estúpidos porque o colega não vai de férias coisa nenhuma. E, por vezes, ainda estamos ali durante uns segundos naquele momento awkward em que nos “desculpamos”. O mesmo para “as melhoras”, “bom almoço” e por aí fora. Queremos ser simpáticos e agradecer mas depois parece que estamos chipados com uma frase automática que nos leva a grandes momentos WTF.

segunda-feira, 4 de maio de 2015

O meu B hoje caiu de mota. Eu fiquei com o coração apertadinho. Mas felizmente está tudo BEM, apenas umas dores no ombro. Nada que descanso e muito mimo não cure.

Finalmente vi as 50 Sombras de Grey

Vi as Cinquenta Sombras de Grey e come on, não é assim tão mau. Antes do filme em si, posso confirmar que, de facto, a banda sonora é espectacular mas não precisei de ver o filme para perceber isso porque mal ouvi falar no assunto fui logo ouvir e adorei. E entretanto já ouvi, ouvi e ouvi. TOP.
Mas avançando. Pelas críticas que li, pelo classificação do IMDB achei que aquilo ia ser algo muito mauzinho. Eu não li o livro. Mesmo assim, gostei do filme. É claro que isso não significa que me identifique com a história. Não me identifico. Acho estúpido isso do dominador e do submisso. Mas o filme vê-se bem e dado todas as críticas que li, até superou as minhas expectativas que eram baixas. Quanto às críticas em relação aos actores escolhidos, não tendo lido o livro, gostei muito de ver ambos. O bonzão Jamie Dornan com aquele olhar penetrante e a Dakota com aquele ar mais desajeitado e tímida. Não entendo o porquê de a chamarem sonsa. O que é, afinal, uma sonsa para vocês (que dizem isso)? É uma pessoa tímida? Please! Mas isso já é outro tema. Mas continuando, acho que ambos encaixaram bem no tipo de personagem. E gostei do filme, fiquei curiosa por ler os livros e por ver os filmes seguintes. Nunca li nada deste género, como já disse não me identifico minimamente com esta coisa do sadomasoquismo mas gostei do mistério envolvido e da história de amor que há por trás.

terça-feira, 28 de abril de 2015

Sugestões Casamentos 2015

Ora então, como sou uma mulher de palavra, cá me dei ao trabalho (que chatice) de me passear pelo site da ASOS para vos dar as melhores sugestões ever (cof cof) para se desinquietarem com os convites para casamentos este ano.

Image 1 of TFNC Maxi Dress with Plunge Neck & EmbellishementImage 1 of Little Mistress Shift Dress With Jewel Neck and RuffleImage 4 of Little Mistress Petite Wrap Front Maxi DressImage 1 of Wolf & Whistle Mini Prom Dress In Overscale Floral PrintImage 1 of Elise Ryan Pleated Maxi Dress With Lace SleeveImage 1 of Elise Ryan Wrap Front Bandeau Dress
E depois de um treino como o de ontem, estou aqui que não me mexo sem um ai ou um ui. Mas logo há mais. Não sei como. Mas há!

sexta-feira, 24 de abril de 2015

SPOILER ALERT

Se estão a acompanhar a série Anatomia de Grey não continuem a ler este post.

Dramas femininos OU a vossa casa também tem "buracos"?

Mas onde, ooooonde, é que se enfiam os elásticos e os ganchos? As largas dezenas de elásticos e ganchos que eu já comprei ao longo dos anos, estão onde? Terão sido absorvidos pelo Universo? Desintegraram-se? Tornaram-se invisíveis? Mas como é que é possível eu comprar 20 elásticos de uma vez e passado uns tempos andar à procura do meu (já) único elástico?

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Nova aquisição in da house


Pois é. Já andava a pensar nisto há-que-tempos! E não resisti em comprar. As bimbólicas que me desculpem mas MIL EUROS? Também não exageremos. Pois que aproveitei a promoção do Continente e lá fui eu (e ainda usei o cupão dos 10% e como tal fiquei com esse valor no cartão). Eu gosto de cozinhar e acho que até me safo bem na cozinha. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, um robot de cozinha não é (exclusivamente) para quem não se ajeita nos cozinhados e no meu caso não foi por aí. É que a Maria (sim, já lhe dei um nome – e sim, chamo Maria a tudo) é um grande descanso. Eu não ganho comissão com isto (mas se quiserem estão à vontade, sim?) mas é realmente uma grande ajuda. No meu caso, vai ajudar-me muito na gestão de tempo. Não preciso de estar ali à volta do tacho, nem a mexer nem coisa nenhuma e consigo ter tempo para outras tarefas domésticas, para mim, para descontrair ou simplesmente para não fazer nenhum, enquanto a Maria faz o jantar (assim até parece que tenho uma empregada. Não? Ok). Quando termina o tempo que se programou a Maria desliga e pronto. Não vou deixar de cozinhar “a sério” quando me apetecer mas que isto facilita a vida de uma ‘ssoa, ai facilita, facilita.


quarta-feira, 22 de abril de 2015

terça-feira, 21 de abril de 2015

Já sabem o que vão vestir?

Este ano vou a dois casamentos, são dois casais de quem gosto muito, conheci-os por serem amigos do B e agora são meus amigos também. Estamos muito felizes por darem este passo e por virmos a fazer parte desse dia tão especial e importante para estes amigos do coração!
E oooobviamente já andei a espreitar vestidos lindões, até porque o primeiro é já em Julho. O outro tenho mais tempo.

Nos próximos dias vou preparar um post com algumas sugestões para as meninas que por aqui passam que também tenham casamentos/ou baptizados neste Verão.


PS: Percebi que este é o meu 100º post no blog. Um marco importantíssimo portantosss. :)
Gosto de andar por aqui e espero escrever muitos mais e atingir os 200 mais depressa do que atingi os primeiros 100, e por aí fora. Espero que gostem de estar por cá e que mais venham. Sigam-me e se tiverem sugestões já sabem, o mail está mesmo aqui do lado direito. Já viram? Isso, aí mesmo. :)
Percebes que estás com uma vontade danada de comer porcarias um hambúrguer delicioso quando vais ao Google e em vez de escreveres "notícias", escreves "honorato". Verídico.


Os gajos das telecomunicações

Ligaram-me de um número que não conheço, atendi, era um comercial de uma operadora de telecomunicações. Ao contrário das outras vezes, não o despachei. Ao longo da conversa notei que o rapaz estava evidentemente nervoso, não estava seguro de si e se no início eu até estava a ser mais compreensiva que o habitual, às tantas já estava a ficar de pé atrás também. “Nesta morada não temos fibra, ah afinal temos, afinal acho que não, temos sim, tenho que ir confirmar. Ah já lhe ligo”. Ligou, ligou várias vezes. Perguntou qualquer coisa que se tinha esquecido de perguntar no telefonema anterior. Voltou a ligar mais tarde, disse que já me ligava. Ligou, apresentou o que tinha a apresentar. Fui compreensiva e simpática e disse-lhe que tinha que decidir junto do meu namorado e pedi que ligasse dois ou três dias depois. Na mesma noite ligou-me o chefe, porque era uma campanha que era mesmo só até ao dia seguinte. Nesta fase já começo a revirar os olhos. Bolas, eu já sabia que a campanha era até ao dia seguinte e insisti que mesmo assim daria uma resposta depois, mesmo perdendo a campanha XPTO, porquê ligar-me o chefe?! Reforcei que só conseguia dar uma resposta depois. Ligou-me no dia seguinte. Ah se calhar não temos fibra nessa zona mas depois ligo-lhe no dia combinado. Hoje vai-me ligar* e eu vou-lhe dizer que afinal vou manter-me pela concorrência. Estou para ver…

*e vai-se a ver e até me diz que afinal não há fibra aqui. Ou então que há. Ou que não há.

PS: a culpa não é das pessoas em questão que apenas estão a fazer o trabalho delas. A culpa é desta estratégia de marketing agressivo que acho desnecessário e que muitas vezes afasta mais do que atrai.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Kim Kardashian onde? Em Portugal!

Uhuh! Não, não vou (ohhhhh). Mas sim, já disse que sou fã do clã Kardashian. Pois que vem cá no Verão, sim senhora, mais propriamente ao Algarve e diz que vai causar sensação. Ver aqui.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Cristina

Porque é que eu acho que a próxima edição da revista CRISTINA vai esgotar assim num par de horas? Se aquilo até tem demasiada publicidade e não sei quê. Eu não sei, não vi. Não vi mas vou ver e parece que vai ser no dia 7.

Sextaaaa

Finalmente Sexta-Feira. Foguetes! Foguetes!!! Esta semana, apesar de até ter passado rápido, não houve um dia em que não me custasse mesmo muito a levantar da cama. E sim, não houve um dia em que não adiasse o despertador umas 6 vezes, no mínimo, ainda com um olho aberto e outro fechado.
Bom fim-de-semana por aí!

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Faz-me confusão que uma empresa cujo principal serviço é fazer websites tenha o seu próprio site básico, feio e pouco intuitivo. Não transmite confiança. Nenhuma. Para mim, é o principal cartão de visita de uma empresas destas. Se não fazem bem o que lhes pertence quanto mais na prestação desse serviço a outros. Posso estar a ser injusta, mas é o que penso. Não me convence.

IKEAólica

Nestas duas últimas semanas já fui tantas vezes ao IKEA que ando com umas peças no carro para ir trocar e até ando a evitar ir.
Será possível entrar lá e trazer APENAS o que fui lá comprar?

O pior foi mesmo ter lá ido no Sábado comprar um varão e ter trazido N coisas menos o próprio do varão. Aiii cabecinha!

quarta-feira, 15 de abril de 2015

É frustrante quando dás o melhor de ti e não há reconhecimento. É decepcionante quando o melhor de ti parece significar apenas algo acessório para outra pessoa.

segunda-feira, 13 de abril de 2015

O amor (também) é isto

Ele pensar que eu já saí de casa (deixou de ouvir barulhos) e mandar-me uma mensagem a barafustar porque não lhe fui dar um beijinho antes de sair.

Coisas que comicham comigo #7

Ouvir pessoas a mastigar. Pois. Não é bonito. Isso e ver o bolo alimentar.

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Planos para este fim-de-semana?

Sim! Vasculhar tudo à procura de facturas para submeter no IRS. Sim, sou muito organizadinha. Ou não.

A partir de hoje vou tentar meeeeesmo ir enfiando as facturas todas NUM só sítio. Tipo uma gaveta ou uma pasta. Um dossier já é pedir muito, é coisinha para durar nas primeiras semanas e voltamos ao mesmo.

Hoje às 22h20 é dia de...

Já vos falei aqui que antes eu era uma papa-séries. Depois deixei de ter tanto tempo livre e passei a ver menos e ia perdendo o fio à meada de algumas, até que vi que só conseguia acompanhar mesmo à séria uma ou outra série e que já não dava para as maratonas de antes. Também já vos falei daquela que é uma das minhas séries preferidas. É sobre uma família amorosa, divertida, cheia de aventuras e peripécias e muito moderna! Modern Family é uma série para lá de espectacular e eu estou a adorar a nova temporada. E mesmo quando não consigo ver a estreia do novo episódio, não perco pitada, volto com aquilo para trás ou vejo a repetição mas não falho um. Hoje às 22h20 é dia de episódio novo. Não preciso de mais para aliviar o stress depois uma semana de trabalho.

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Este ano recomecei o ginásio, motivada como nunca. Eu, que nunca simpatizei com exercício físico, estava cheia de força de vontade. Comprometi-me a ir no mínimo três vezes por semana. Quanto mais ia mais motivada estava mas por preguiça algum motivo comecei a desleixar-me, passei a ir duas vezes, depois ia uma e dei por mim a pensar que a semana passada nem sequer pus lá os pés. Merda. Será possível que isto tenha sido sol de pouca dura? Eu quero ir, quero mesmo ir. Quero ir, quer seja às 19h00 ou às 21h30. Merda. Mas que motivação me falta? Eu tenho que conseguir levar isto para a frente mais do que um mês seguido. Eu faço sempre tudo para cumprir os meus objectivos, porque é que arranjo sempre desculpas para não cumprir este? Merda. Merda. Merda.

Esta semana retomo o ginásio à séria, ai retomo, retomo.

Só mais 5 minutos

Há uma coisa que eu faço que o B. detesta. Eu adio o despertador várias vezes antes de efectivamente me levantar da cama, coisa que, vejam bem, o incomoda! Começa a estrebuchar e “ah e tal, levanta-te”. Não percebo qual é o problema de uma pessoa que está a aproveitar poder ficar mais tempo na cama em ouvir repetidamente o meu despertador. Muahah. Vá, agora fora de brincadeiras, é um hábito irritante – não para mim, claro :P – mas que tenho tentado melhorar. Às vezes custa tanto que só quero mais 5 minutos e depois mais 5 minutos e mais 5 e mais 5 e….arghhh tenho que me levantar.
Mais alguém que adie o despertador mil vezes antes de se levantar?

terça-feira, 7 de abril de 2015

Coisas que comicham comigo #6

O Marketing agressivo das operadoras de telecomunicações.

Lá em casa é que não ficam

Então e o que é que eu decidi fazer com os chocolates e pacotes de gomas que me ofereceram na Páscoa? Já que ficarem lá em casa está fora de questão (sob perigo de eu os devorar em três tempos), então tive a EXCELENTE ideia de os trazer para o trabalho de modo a poder oferecer aos meus colegas. Até aqui, tudo muito bem. Pois entãããão que os meus colegas lembraram-se do mesmo e têm andado o dia todo a aliciar-me. E eu nestas coisas de gulodices, eu, eu, eu sou uma fraaaaaaaca.

Eu gosto é do Verão!

Gosto do Verão e gosto do horário de Verão. Sair do trabalho e ainda ser de dia com um sol bom (o que não é bem o caso esta semana), é outra coisa. Então naqueles dias em que só anoitece já quase às 21h é ma-ra-vi-lho-so. Quando estou de férias parece que aproveito mais, que os dias têm mais horas. Se estou a trabalhar, quando saio dá-me a sensação de ainda ter a tarde toda pela frente para aproveitar, ir até à praia, passear. Tão bom! :)

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Tem mesmo que ser Abril águas mil?

Ser Segunda-feira já é o que é. Estar este tempo nhónhó-nublado-chove-nãochove depois dos dias de sol que tivemos é que já é too much. Espero bem que este ano haja Verão, já que o ano passado...cof cof.

Como ter uns euros a menos na conta

Com a mudança de casa, decidimos trocar um ou outro móvel. Já há algum tempo que queríamos despachar o móvel da tv, que era um mono e comprar assim uma coisa mais levezinha, um móvel baixo, mais simples. O sofá foi diferente, adorávamos o nosso sofá, confortável que só ele, mas já estava velhinho e já se notava bastante o desgaste, principalmente na cor (era um sofá que os pais do B já não usavam e então nos deram e nós aceitámos de bom grado). Além disto, como esta nova casa não tem roupeiro embutido, tivemos que comprar um. E então lá fomos nós comprar um roupeiro, um móvel para a sala e um sofá – também muito confortável. E foi isto. Menos uns euros na conta mas felizes com as novas aquisições para a nossa casinha. Yeaaah!

O meu fim-de-semana

O fim-de-semana foi de solinho bom, de Páscoa com a família e também de mudanças. “Para aquela casa que ias comprar?” Perguntam vocês. Não, meu amigos. Acabamos por desistir, fomos vencidos pelo cansaço e aquilo já se estava a arrastar tanto e há tanto tempo que achamos que se calhar não tinha que acontecer, não aquela casa e não agora. Entretanto, achamos melhor juntar o útil ao agradável e adiar esta decisão de comprar casa por mais uns tempos e até lá irmos juntando algum dinheiro. Como tal, decidimos mudar de casa na mesma, já não suportávamos mais a casa antiga e toda a sua humidade e já agora pretendíamos também alugar uma mais barata e assim era mais um empurrãozinho para a missão #poupança2015 (apesar das colecções Primavera/Verão não estarem a colaborar nesse sentido!) :)


PS: Detesto mudanças!

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Boa Páscoa!

E a todos uma boa Páscoa! Não abusem muito dos doces (a não ser que seja um daqueles ovos Kinder gigantes ahah) e aproveitem o fim-de-semana de SOOOOL :D

quinta-feira, 2 de abril de 2015

It's been a while...

Já há algum tempo (demasiado) que não escrevo aqui. Não, não desisti do blog. Mas às vezes não é fácil conciliar tudo. Antes de criar o blog, pensava nisto: mas e depois, será que o vou conseguir actualizar tanto como gostaria? Às vezes ando aqui stressada que mal tenho tempo para relaxar, será que nessas alturas vou querer escrever lá?
Bom, como se pode ver, mesmo assim decidi avançar e ainda bem que o fiz. Eu sou uma pessoa que pensa muito. Há uns tempos, li num blog (não me lembro mesmo qual :( ) algo como: estão a imaginar um browser com muitas janelas abertas a carregar informação ao mesmo tempo? Isto é como a cabeça das mulheres.
Parece exaustivo e é. E às vezes sinto-me assim, com dezenas de pensamentos, ideias, sentimentos, tudo ali ao mesmo tempo e à flor da pele. E foi muito por isto que criei o blog, para poder partilhar, de outra forma, o que penso. No entanto, dei por mim a querer guardar as coisas para mim e/ou para os mais próximos (muito típico meu) e a não escrever tudo o que antes pensava que escreveria aqui. Não sei muito bem porquê, mas enfim :) Tudo isto, para dizer que tentarei actualizar o blog mais vezes. Quero muito isso.

segunda-feira, 9 de março de 2015

Com sabor a fim-de-semana prolongado

Sábado e Domingo souberam a fim-de-semana prolongado. O bom tempo, o sol faz-nos mesmo mais felizes não é? Passeei, aproveitei o sol e desfrutei muito do fim-de-semana. Sempre na melhor companhia. :) E vocês, aproveitaram bem o fim-de-semana?

sexta-feira, 6 de março de 2015

Welcome weekend :)

Finalmente Sexta-feira e o ritmo começa a abrandar. Quando sair do trabalho, lanchinho bom com duas das amigas do coração e depois jantar sushi com o B.
Bom fim-de-semana e aproveitem o sol bom que vai estar. Quero ver se ponho os pézinhos numa esplanada na praia este fim-de-semana, tão bom!

quarta-feira, 4 de março de 2015

Daquelas semanas...

Esta semana está a ser do tipo "nunca mais é Sexta?".
Imenso trabalho e prazos apertados juntando à minha TPM dá uma mistura...daquelas.
Ontem cheguei a casa, o B não tinha fome nenhuma e então nem fiz jantar. Comi uma massa que tinha feito no dia anterior e fui descansar para o sofá para ver um lixo televisivo qualquer. Andei para trás no E! e vi na programação um episódio de Keeping Up With the Kardashians. É mesmo isto. Deviam ser umas 20h30, não sei muito bem. Adormeci e acordei já perto das 22h00. Preparei o que tinha a preparar e voltei para a cama. Ainda assim, hoje adiei o despertador até à última.
Nunca mais é Sexta?

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Don't worry, be happy

Um dos aspectos que revelei querer melhorar em 2015 está relacionado com a gestão do stress. E isto, no meu caso, não se aplica exactamente ao contexto do trabalho mas à minha vida em geral. Eu sou uma pessoa extremamente ansiosa e detesto. Detesto porque é muito desgastante e detesto porque não me faz bem. Gostava que certas coisas não mexessem tanto com o meu sistema nervoso, seja porque não merecem ou porque não devem interferir tanto. Houve uma altura na minha vida em que, durante um ano, tomei medicação para me ajudar nisto. Tive uns ataques de ansiedade, numa altura talvez mais difícil de gerir (e digo talvez porque às vezes nem dá para perceber o que causa tanta ansiedade). Não sei muito bem o que dizer dessa fase, mas ajudou-me nisto. No entanto, ainda acho que a principal ajuda que podemos ter vem de dentro, vem de nos reeducarmos e é sobretudo nisso que tenho vindo a trabalhar desde que admiti que tenho uma péssima gestão de ansiedade. E acho que nisto sou a minha melhor ajuda.

É claro que há coisas que não devem ser relativizadas, e devemos enfrentar os nosso problemas mas é desgastante quando certas situações, mesmo que pequenas, interferem em demasia. Assim mais relacionado com trabalho, lembro-me de uma vez em que tive o azar de num Domingo à noite ir espreitar o email do trabalho no telemóvel (só porque sim) e de nessa noite ter tido muita dificuldade em dormir com a preocupação do dia seguinte, por ter o assunto X e Y para tratar. A partir desse dia não voltei a consultar o email do trabalho ao fim-de-semana (a não ser que tivesse que ser, o que não foi o caso). Falando de outra situação, recentemente, como cheguei a falar aqui, estive a tratar da compra de uma casa e todo esse processo, a sua demora e a incerteza foram motivo de ansiedade e de agitação e é claro que eu gostava de levar as coisas com mais leveza. Da mesma forma que fico enervada se as coisas não correm como eu queria. O B diz muitas vezes “Não coloques tanta pressão em ti mesma”. Tento mentalizar-me disso e, de facto, sinto e vejo que tenho vindo a melhorar imenso. Sinto porque é algo interior mas também vejo (e os outros também vêem) porque também interfere com o meu estado de espírito e humor. Quanto ando mais preocupada, dou por mim embirrante, sem paciência e a responder mais torto sem ser caso disso. E esta é das consequências que mais detesto porque se torna injusto e porque eu não sou nem quero ser assim. Eu não sou embirrante e detesto isso, da mesma forma que não gosto de falar mal só porque estou sem paciência. Já melhorei imenso e acho que muito se deve ao facto de eu ser uma pessoa que tenta sempre pensar positivo. E isso reforça o meu equilíbrio. E além disto há alguns truques que tenho tentado por em prática e que vão resultando comigo. Identificar o que me está a causar ansiedade e tentar perceber o que posso fazer para resolver, reflectir sobre os meus problemas e dimensionar a sua gravidade e se não está nas minhas mãos, tentar relativizar, é importante. E com isto, acho mesmo que assim tenho conseguido tirar muita pressão de mim própria e tenho aprendido a gerir melhor o stress.

E se houver por aí mais alguém com dificuldade em gerir a sua ansiedade, fica o pensamento do dia:


sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Lavar o carro

Essa coisa que acontece quando o rei faz anos. Pois é, devia ter vergonha de admitir. Recibos das portagens, pó, pedrinhas e porcarias nos tapetes, recibos das portagens e outros papéis, uma ou outra garrafa de água. Ah e recibos das portagens. Claro que levo ralhetes do B e faço promessas de limpar o bólide na próxima oportunidade. Mas parece que a oportunidade às vezes demora a chegar e, tal como em muitas outras coisas da vida, temos que a criar (e pôr só a arvorezinha não vale). É claaaaro que gosto mais dele limpo e cheiroso só que a preguiça é lixada e há tantas coisinhas melhores para se fazer nos tempos livres. Mas vá, para prevenir um ralhete da próxima vez que ele entrar no bólide (ou então é só porque vou levar o carro ao mecânico), lá vou eu sacudir os tapetes, aspirar, limpar o pó e tudo o que o bólide tem direito.

Coisas que comicham comigo #5

Quando dou um passou-bem a uma pessoa que estica uma mão mole. Sabem? Parece que acabaram de agarrar uma mão morta. E isso não é bom minha gente. Um passou-bem não deve estrangular a mão a uma pessoa, no entanto deve ser firme! Com convicção, sim?

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Isto é tão BOM

Acabei de vir do Pingo Doce e trouxe esta maravilha que ainda não conhecia. Estou fã.

Fumar em espaços fechados

Porque é que ainda é permitido? Eu não fumo e não tenho nada contra quem fuma. Mas mesmo os fumadores que conheço, reconhecem que é muito melhor agora, que não se pode fumar em espaços fechados (excepto nos devidamente ventilados). Mas e as discotecas e bares? Aquilo fica um ambiente impossível. Não chega a incomodar os próprios fumadores? Eu acho péssimo, até parece que não consigo respirar como deve ser (e talvez não consiga mesmo) já para não falar no cheiro com que a roupa e o cabelo (o cabelo!!!) ficam, por vezes, durante dias.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Das pequenas (grandes) coisas

Não pude ir para o SPA, não fui jantar fora nem consigo tirar o resto da semana de férias. Mas cheguei a casa, tomei um banho, vesti o meu pijama quentinho e ele está a fazer o jantar sozinho. Eu estou no sofá a relaxar e a comer morangos com Nutella. Não é a mesma coisa que ir ao SPA e fazer uma escapadinha romântica o resto da semana, mas é tão bom.

Divagando...

O que me apetecia agora era meter o resto da semana de férias. Pegava no carro e passava o resto da tarde num SPA, com direito a jacuzzi e a massagens relaxantes. Desafiava o B para um jantar daqueles mesmo bons, num restaurante com boa comida e bom ambiente e passávamos o resto da semana fora daqui num daqueles sítios que nos falta conhecer. Só nós os dois. Sem planos. A relaxar.

Então e o Carnaval?

Estive a trabalhar. Não que a empresa onde trabalho seja mazona e não tenha dado o dia, deu sim senhora, só que não pude tirar porque estou com algum trabalho e não vinha muito a calhar, além disso não fazia muita questão porque, verdade seja dita, não ligo patavina ao Carnaval. (O que acho mesmo piada é ver os miúdos mascarados!). O B. também não tinha o dia, portantosss...assim fico com mais um dia de "férias", o que até prefiro. E que tal o vosso Carnaval? Tiveram um day-off ou tiveram que ir trabalhar? :)

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Ora então, cá estou no Blogging

Agora podem encontrar-me no Blogging.

Não sabem o que é? Eu também não sabia e vou explicar-vos. O Blogging é uma plataforma onde é possível encontrar, por categoria, blogs do nosso interesse. Actualidade, cozinha, decoração, desporto, lifestyle e moda, são algumas das categorias que andam por lá.
Eu gosto de ler blogs mas claro está que nem todas as categorias são do meu interesse e achei um conceito muito giro termos um site onde podemos escolher as nossas categorias preferidas e ver que blogs andam por lá. Giro não é?
Podem encontrar o meu blog na categoria lifestyle, já que este é um blog sobre tudo e sobre nada mas essencialmente sobre o que me apetece, não é verdade?

Aqui está o site, o Facebook e o Twitter.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Superstições

Hoje é Sexta-feira 13, dia que agora vejo como outro qualquer. No entanto, mais nova, tinha várias pancadas superstições. Esta menina não passava por baixo de escadas, tocava numa coisa branca quando via uma ambulância, cuspia para o chão quando via um gato preto a atravessar-se a frente (!!!), não deixava tesouras abertas em cima da cama. Mas a verdade é que nunca acreditei em nada disto.
Então porque é que fazias isso tudo? Perguntam vocês.
Porque o meu pensamento era “não acredito mas mais vale prevenir do que remediar”. Depois, ao longo do tempo, fui percebendo que isso era só estúpido e que o que tem que acontecer acontece e nós não temos poder para controlar isso. Deixei-me dessas coisas pois percebi que só trazem aspectos negativos, como por exemplo, uma grande ansiedade desnecessária. Por isso, hoje até olho para este dia como um potencial dia de sorte. Why not!? Há quem diga que sim e eu prefiro ver o lado bom da coisa.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Maria vai com as outras

Há quem diga que muitas pessoas hoje em dia só fazem exercício físico e comem coisas "esquisitas" porque são influenciadas e que só mexem o rabo e comem sementes de linhaça e bagas goji para depois porem fotos no Instagram, porque é moda. E sim, concordo que isto tem um efeito nas pessoas, também teve um efeito em mim, creio que as pessoas estão a ser influenciadas pelas outras a comer melhor e a praticarem exercício físico mas se há modas que valem a pena são estas e por isso se ser uma "Maria vai com as outras" for copiar bons hábitos e ter um estilo de vida mais saudável então espero que existam por aí muitas mais Marias (e Maneis) prontas para ir com as outras e juntas continuarem a ter motivação por serem mais saudáveis e darem cabo do sedentarismo. ​Por isso, desde que promovam um estilo de vida saudável, venham daí as modas. É claro que, apesar disso, devemos lembrar-nos que cada um é como cada qual e nem tudo funciona para todos, por isso é importante o aconselhamento junto dos devidos profissionais de saúde sobre quais os melhores exercícios e qual o melhor plano de alimentação, de acordo com os nossos objectivos e saúde e tendo sempre em conta o equilíbrio.

Quanto a mim, o ginásio vai bem, mais motivada do que nunca (a sério, nunca estive tão motivada!) e espero que assim continue. Sempre comprei uns tops e calças na Primark e até agora parecem-me bem.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Bom dia :)

Tenho estado um bocadinho ausente aqui, tive uma semana atarefada (e desorganizada!) mas já estou a apanhar o ritmo novamente :)

Uma excelente semana!

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Mercado da Ribeira

Este fim-de-semana fui com as amigas jantar ao Mercado da Ribeira, pela primeira vez (sim, estava muito OUT, ainda não tinha ido até ao famoso Mercado da Ribeira). O sítio é giro, tem bom ambiente, estava à pinha, apesar de estarmos a jantar já depois das 22h, por isso arranjar mesa, pelo que me disseram e pelo que pude comprovar, é sempre um desafio. Como ainda não conhecia grande parte dos restaurantes, fui dar uma voltinha e apostei no Prego da Peixaria. Não tirei fotos, mas estava muito bom! Não me estava a apetecer peixe, por isso escolhi o Yuppie que leva carne do lombo, maionese de majericão, queijo cheddar e pancetta e é em bolo do caco. Gostei bastante, apesar do bolo do caco não ser o melhor que já comi. De resto tem um ambiente porreiro e estou curiosa por provar outras coisas que vi por lá, pelo que voltarei em breve.

Roupa desportiva

Não sou apologista que comprar roupa nova para treinar deva ser a nossa fonte de motivação. No entanto, concordo que ter roupa bonita e adequada nos faça ter mais determinação em ir em vez de nos baldarmos perante a primeira desculpa. Como já disse, há artigos desportivos exageradamente caros, um top por 40 euros, na minha opinião, é um abuso e tanto me faz se é da Nike ou da marca própria da Sport Zone ou da Decathlon, desde que seja confortável e adequado. Mas quanto a calçado, já concordo que deve ser escolhido com algum cuidado pois é muito importante e deve estar de acordo com o tipo de desporto e corpo mesmo que isso implique gastar mais uns euros. Eu já usei calçado que não era próprio e notava que ficava com algumas dores nos pés e nas costas. Por isso, mesmo que se poupe em calças ou tops de desporto, há coisas em que a qualidade não pode deixar a desejar e o grande desafio é encontrar a melhor qualidade/preço para nós.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Coisas que comicham comigo #4

Pessoas que se recusam a mudar um processo que concordam que está mal porque “isto já está assim desde 2004”.
Corrigir e optimizar dá muito trabalho não é? Então pronto, vamos deixar como está que, assim como assim, sempre "funcionou" desta forma.
A sério???

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Roupa desportiva da Primark

Alguém conhece a roupa desportiva da Primark? Calçado não me interessa mas coisas como tops e calças, alguém por aí usa? Sei que agora têm uma colecção direccionada para o desporto mas nunca fui lá espreitar. Confesso que acho um exagero alguns preços de roupa desportiva mas como não basta ser barato mas também ter alguma qualidade e conforto, queria saber se vale a pena ou se mais vale apostar em outras marcas mais em conta mas de melhor qualidade.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Hidratação para lábios: Stick Lèvres da Uriage

A propósito do post que li hoje do blog Dieta das Princesas, lembrei-me de partilhar a minha experiência no que diz respeito a hidratação de lábios pois se há produto que anda sempre comigo no Inverno é esse e já experimentei vários. O meu preferido é o Stick Lèvres da Uriage, é tão bom. No entanto, o batom acabou a semana passada e com este frio (e possivelmente aliado ao facto de ter estado constipada) os meus lábios ficaram secos e gretados. Como ainda não tinha comprado o Sitck Lèvres, resolvi experimentar Vaseline Lip Therapy e confesso que tinha as expectativas elevadas, pensei que fosse resolver-me o problema rapidamente e manter os meus lábios hidratados, mas não gostei muito. Passados uns dias continuo com os lábios gretados, o que é bastante incomodativo, como sabem. Por isso, hoje resolvi repor o stock e comprar o Stick Lèvres e o raio do batom é mesmo bom, sente-se logo um alívio ao aplicar e os lábios ficam hidratados durante mais tempo e já sinto melhorias. É claro que nestas coisas o que resulta melhor para uns pode não ser o que resulta melhor para outros e por isso aqui fica a minha experiência. Recomendo! E vocês, o que recomendam?

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

A ideia

Talvez queira ter o meu negócio, só ainda não sei no quê. Não gostava que fosse mais um, mais um qualquer negócio no mundo dos negócios. Até porque sair da estabilidade profissional que tenho agora para arriscar num negócio mais-do-mesmo, não me parece bem. Pode ser que em 2015 me surja uma ideia, A ideia.

Coisas que comicham comigo #3

Perfis em conjunto no Facebook. Respeito, apenas não compreendo.

Afinal só queriam descansar...

http://www.cmjornal.xl.pt/insolitos/detalhe/pombos_detidos_por_espionagem.html

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Quanto tempo o tempo tem?

Hoje o dia está a custar a passar. Talvez a ansiedade de ir para casa rápido faça com que pareça que o tempo anda mais devagar. São 16h27 e parece que passaram 3 horas desde que olhei a penúltima vez para o relógio, só que só passaram 3 quartos de hora. Já é sabido que olhar constantemente para o relógio é pior, parece que os minutos não passam. Oh tempo, passa mais rápido. Oh bolas. Passamos a vida a queixar-nos que o tempo anda depressa demais e olhem para mim agora a dizer que quero que o tempo passe mais rápido. Com isto, lembrei-me, já viram o “Click”? O filme não é grande coisa, mas tem uma lição de moral sobre o tempo, esse que anda tão depressa e tão devagar. Agora que me lembro do filme, oh tempo…anda mais devagar.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Back to gym

Recebi um email de um ginásio que já frequentei com uma promoção bastante interessante, que é como quem diz: "Toma lá uma promoção para ver se começas a mexer esse rabo". Acho que é a minha deixa para voltar e pôr em prática um dos meus objectivos.

Coisas que comicham comigo #2

Condutores que vão a pastelar na faixa do meio quando não estão a ultrapassar e não estão sequer a andar mais depressa do que os que circulam na faixa da direita.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Brrrrr

Mas quando é que vem o tempo mais quentinho? Já estou farta deste frio, vento e chuva. A minha casa fica com humidade. Tenho rinite e, para mim, a pior altura do ano é mesmo o Inverno, não é cá a Primavera nem todo o seu pólen. Tenho estado quase sempre constipada, é uma merda.
É pensar que daqui a 2 meses, começa a Primavera e ter esperança que nos traga umas temperaturas mais amenazinhas...

...e ainda sobre séries

Admito sem vergonhas que gosto de ver Keeping up with the Kardashians. Pois que me entretém bastante, sei que é lixo televisivo mas não-quero-saber.

Séries

Antes de começar a trabalhar, acho que via para aí umas mil séries, devorava quase tudo o que passava na Fox e na Fox Life, desde Grey's Anatomy, Private Practice, Dexter, New Girl, Desperate Housewifes, Happy Endings, Modern Family, Parenthood, How I Met Your Mother, Brothers and Sisters, 90210, entre taaantas outras, marchava tudo. Entretanto fui deixando de ver algumas, a Anatomia por exemplo, cansei-me dela, a Shonda teimava em matar todos os personagens da série e eu fui deixando de ver, o 90210, já nem me lembro bem porquê mas também deixei de ver e depois perdi o fio à meada, outras foram terminando, como as Donas de Casa Desesperadas. Depois, quando ainda na faculdade, comecei a trabalhar, lá se foram as mil séries que via, fui deixando de acompanhar a maioria. Na verdade, grande parte passava durante a tarde e para as acompanhar como antes tinha que passar, no mínimo, o fim-de-semana inteiro a metê-las em dia e também não estava para isso. Com o passar do tempo, são poucas as séries que vejo actualmente, mas prefiro assim, porque me mantenho interessada nessas duas ou três séries e assim consigo mantê-las up to date e sempre ansiosa pelo próximo episódio. Confesso que ando mais numa onde de séries para rir, ou que sejam softs porque é mais relaxante para mim após um dia cansativo e consigo descontrair um bocado junto do meu B :) No entanto, também admito que já me perdi um bocado no mundo das séries e não sei o que anda para aí de novo e interessante.

domingo, 18 de janeiro de 2015

Socializar ou não socializar, eis a questão

Daquelas festas tão giras que olhas à volta e está tudo vidrado no telemóvel. Portanto, aqui estou eu a pegar no meu, só naquela de não parecer que sou sociável.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Workshop de Sushi

Ando com vontade de fazer um workshop de sushi. Estou desconfiada que, desajeitada como sou, não vou ter lá muito jeitinho para a coisa, mas vá... se vou é para aprender e pode ser que até me safe com os rolinhos. E por aí, já alguém experimentou?

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Coisas que comicham comigo #1

1. Chegar ao trabalho (ou a outro local), dizer BOM DIA! e (algumas pessoas) não responderem.
2. Pessoas que chegam ao trabalho e não dizem BOM DIA!
3. Pessoas que não cumprimentam os porteiros e as empregadas de limpeza. (Ninguém é mais que ninguém!).

E porque há várias coisas que comicham comigo, acredito que isto se tornará uma rubrica.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Je suis Charlie

Não há palavras. Isto é tão ridículo e triste. Não deixem de ler este texto que representa em grande parte o que penso sobre este tema.

Nós somos todos Charlie, pela liberdade (de expressão, de escolhas religiosas e não-religiosas, de viver!), pelo respeito e somos Charlie porque somos contra estas mentalidades retardadas.

Raispartam as burocracias

Raispartam as burocracias para comprar uma casa. A sério que não pensava ser um processo tão demorado, principalmente devido às falsas expectativas que a agência imobiliária nos transmitiu.
- Ah, isto são uns 10 dias e temos uma resposta.
O processo já rola há uns meses e respostas que é bom, nada.

Vou contar até 10 e ligar para lá.

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Piores c'as gajas

Há gajos mais alcoviteiros do que uma catrefada de mulheres a mexericar sobre o rabo gigante de uma ex-colega do secundário.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Ano novo, melhores hábitos

A mudança de ano, é um bom pretexto para fazermos mudanças na nossa vida, ganhar hábitos melhores e sermos melhores. Todos temos algo a melhorar, e eu quero:

Ser mais paciente
Gerir melhor o meu stress
Ler mais
Ser mais organizada
Comer melhor
Fazer mais exercício
Beber mais água

Certamente terei muito mais a melhorar, e espero ir limando as minhas arestas ao longo do tempo.

Feliz 2015 e BE HAPPY!